Notícias
Pesquisas sobre cosméticos recebem prêmios nacional e internacional

Duas pesquisas desenvolvidas nos Laboratórios de Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos Cosméticos e de Farmacognosia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foram premiadas no XXIII Congresso Latino-americano e Ibérico de Químicos Cosméticos, ocorrido em Cancún, no México, entre os dias 14 e 17, e também no 30º Congresso Brasileiro de Cosmetologia, que foi sediado em São Paulo entre 23 e 25 de maio.

O trabalho premiado no Congresso latino-americano foi desenvolvido como objeto de estudo da dissertação de mestrado da pós-graduanda Stella Maria Andrade Gomes Barreto. Ela estudou o uso do resíduo industrial denominado Agave sisalana como uma nova matéria-prima para a indústria cosmética, o desenvolvimento de uma nanoemulsão e ainda a comprovação clínica da sua atividade hidratante.

Já a pesquisa premiada em 1º lugar no 30º Congresso Brasileiro de Cosmetologia é tema da tese do doutorando Gabriel Azevedo de Brito Damasceno e aborda sobre o potencial do uso da planta Prosopis juliflora como uma nova matéria-prima cosmética e aplicação hidratante.

Os estudos foram orientados pelos professores Márcio Ferrari e Raquel Brandt Giordani, ambos do Departamento de Farmácia e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas da UFRN. A expectativa é de que as pesquisas contribuam para a diminuição do impacto ambiental e promovam a sustentabilidade.

I:\ \COLAMIQC 2017\Stella_Premio_Cancun.jpeg

I:\ \COLAMIQC 2017\GAbriel _ Premio ABC.jpg

 

 
(09/06/2017)